Imprensa Digital. O Mundo em Alta Resolução.

Escrito por Segunda-feira 29 Setembro 2014

A indústria da Imprensa baseia-se em comunicação. É o conteúdo que dá valor aos artigos e livros, o papel é apenas um meio tradicional que usamos para espalhar este conteúdo.
A invenção do telégrafo, retirou as barreiras que distanciavam as pessoas, tornando a comunicação muito mais fácil. O que aproximou as nações e ofereceu a grande oportunidade para publicadores espalharem as suas notícias para um público muito maior.

Hoje em dia gira tudo à volta da comunicação digital, novos media e notícias curtas. Esta é a realidade de hoje!

Mas vamos dar um passo atrás para a época em que as grandes publicações foram criadas.

Notícias e sua história

As primeiras entidades publicadoras de notícias surgiram na Europa no século XVI. As publicações eram irregulares, uma vez que não existia sistema postal e as notícias não iam muito além das paredes de uma cidade.
Em 1700 os primeiros jornais diários começaram a circular em Inglaterra, dentre eles já estavam uns dos maiores, tais como o Daily Post e o Daily Journal.
Em 1731 a Gentleman's Magazine foi lançada em Inglaterra, dando à luz ao termo comum atualmente "magazine", que tratava os assuntos de forma mais leve e despreocupada.
Durante o século XIX, o mundo do jornalismo vivenciou um novo impulso, devido à revolução industrial, quando as primeiras máquinas de impressão, ainda que muito primitivas, permitiram uma rapidez de impressão acima de qualquer outra técnica anterior.

Mas foi somente com a invenção do telégrafo que o nível de comunicação aumentou significativamente e as notícias puderam atravessar longas distâncias, de forma a ultrapassar as fronteiras das cidades.

Nostalgia pelo papel

Eu gosto de me definir como uma nostálgica do high tech! Uma traça do WiFi. Onde eu vou, sempre acabo em bibliotecas ou livrarias, a sentir o aroma do papel; eu gosto tanto da história que os livros contam, quanto do sentimento das páginas nas minhas mãos. Frequentemente não consigo evitar que os meus dedos passem pelas capas rijas decoradas, eu aprecio tanto os livros antigos com as suas páginas amareladas, bem como livros de fotografia com o seu aspeto brilhante das imagens. Eles levam-me a uma nova dimensão de criatividade e fantasia.

Eu sempre tive uma paixão por fotografia e há alguns anos atrás, quando trabalhei para uma agência de modelos, inspirei-me com as sessões de fotos e assinei as maiores revistas da Europa sobre moda, de forma a cultivar o meu gosto por livros e revistas. Isto resultou em duas consequências num curto espaço de tempo: O meu cartão de crédito começou a implorar por descanso e as paredes do meu quarto transformaram-se num arquivo de revistas Vogue.
Não me tinha ocorrido que as revistas e jornais acumulavam muito mais rapidamente do que os livros, eu podia facilmente ler 3 a 4 revistas por semana, ou até mesmo em um fim de semana. E porque é imperdoável para uma "fashion victim" como eu deitar fora um número da Vogue, eu brevemente estava a partilhar o meu quarto com centenas de modelos.
Imprensa Digital. O Mundo em Alta Resolução.

Do papel para a web

Por vezes a nostalgia, pode cegar-nos para as novas oportunidades que a tecnologia pode oferecer. Temos de encontrar o equilíbrio entre a vontade de seguir em frente e a nostalgia do passado que nos ajuda a não esquecer de onde viemos.

Por mais que goste de bibliotecas eu certamente não quero viver numa! Eu confiei no meu lado mais tech e decidi trocar a minha fonte de notícias do papel para a web, uma decisão da qual eu definitivamente não me arrependo!

O único problema foi que eu sempre tive de esperar para estar em casa em frente ao meu computador, para aceder às notícias e revistas, enquanto antes eu podia carregá-las comigo e ler quando e onde quisesse. Isto até que eu comprei um tablet!
Imprensa Digital. O Mundo em Alta Resolução.

A revolução do tablet

Pesquisas mostram que o uso do tablet cresceu a um ritmo incrível, o número de pessoas que usam tablets cresceu a 282% desde o início de 2011 ao início de 2013 (para os que não sabem, o iPad foi lançado em 2010).

Em 2013, o tempo dispensado em dispositivos digitais ultrapassou o tempo a ver TV pela primeira vez; com dispositivos móveis a liderar a lista. De acordo com as estatísticas eMarketer, divulgadas este ano, o tempo dispendido em dispositivos móveis continua a aumentar mais rapidamente do que o tempo em qualquer outro media.
Ok! Então todos entendemos o quão importante é estar presente no mundo mobile, de forma a obtermos sucesso nos dias de hoje.
Mas porquê devo adaptar a minha publicação para tablets e não apenas para smartphones?

A imagem abaixo mostra de forma gráfica os resultados de um estudo interessante da Vivaki, que indica as atividades em que as pessoas preferem usar o tablet.
Imprensa Digital. O Mundo em Alta Resolução.

Então para responder a uma questão anterior: Porquê estar presente nos tablets? Porque 70% de uma audiência em crescimento exponencial escolhe o tablet como meio de acesso à web.

Mas podes pensar: Não é suficiente que as pessoas possam aceder ao meu website dos seus tablets?

O problema é que os websites não apresentam a informação tão eficazmente em tablets, geralmente têm um menu com uma série de botões e chamadas à ação misturados, que pode ser bastante confuso quando alguém tenta ler um artigo com este dispositivo; especialmente se o teu website não for responsivo. 
Imprensa Digital. O Mundo em Alta Resolução.

Uma experiência de utilizador confortável é vital para encorajar as pessoas a ler o teu conteúdo, os utilizadores devem poder navegar fluentemente pelos teus artigos. O conteúdo deve estar no centro da atenção, sem distrações e com um layout otimizado para o dispositivo que os teus utilizadores estão a usar.
GoodBarber oferece aos seus clientes o melhor design adaptativo para iPad, por este motivo.

Como podes ver no exemplo abaixo, a apresentação de conteúdo é perfeita e única para cada dispositivo.
Imprensa Digital. O Mundo em Alta Resolução.

O valor de uma app

Além do display perfeito em telemóveis, a app nativa oferece muitas mais ferramentas úteis para o teu negócio, como as notificações push, que podem ajudar a atrair atenção para notícias importantes; as estatísticas editoriais que mostram em detalhe a utilização da app, que artigos o teu utilizador prefere, entre outros; as opções de partilha integradas, que permitem os teus leitores tornar o teu conteúdo viral; os serviços de rede e anúncios interna, definitivamente interessante para obteres patrocinadores...

Agora que viste o quão importante é ter uma app para tablet para a tua revista ou título, podes estar a perguntar-te, por onde começar! Não te preocupes, nós já pensámos sobre isso há um tempo atrás quando escrevemos o artigo sobre como criar uma boa app para um website de notícias.



Insira seu endereço de e-mail