Lições do WebSummit 2016: O que é um criador?

Escrito por Segunda-feira 28 Novembro 2016

Lições do WebSummit 2016: O que é um criador?
Depois de "Ganhar na economia dos apps", hoje compartilhamos com você insights do da conferência "Construindo para uma era de criadores". Como empresa, temos orgulho de fazer parte do fenômeno DIY e ficamos curiosos para ouvir o que Iris Lapinski, fundadora e CEO da Apps for Good, tinha a dizer no palco quando se juntou ao ministro da Educação de Portugal, Tiago Rodrigues.

Lições do WebSummit 2016: O que é um criador?
Uma frase da Iris Lapinski  nos marcou de forma particular: "O que é um criador? Alguém que identifica um problema e cria uma solução para este problema.".

Por quê? Porque sentimos que este é um exemplo bastante prático e que pode ser aplicado para tornar seu aplicativo um sucesso. Além disso, também é uma maneira muito simples para lhe ajudar a definir um conceito.

Então, depois da conferência, tivemos a oportunidade de ter uma conversa direto com a Iris, e estamos felizes em compartilhar no blog hoje.

Como começou o Apps for Good?

Iris Lapinski: Nós começamos em centros comunitários em Londres, trabalhando com jovens desempregados, de 16 a 25 anos. Esse modelo de negócio não funcionou, pois uma vez que alguém tenha deixado de estudar, voltar para algo que seja rotulado como "curso" (é um desafio) – boa sorte! Por acidente, entramos em uma escola. E acabou sendo nosso mercado ideal. Temos cerca de 600 escolas ativas no Reino Unido. Em Portugal temos uma centena. E estamos começando a expandir agora.

A história da Apps for Good é construída sobre o modelo de uma organização brasileira que começou nas favelas do Rio, CDI. Eles fizeram muito pela inclusão digital em meados da década de 1990, com foco na resolução de problemas, usando PowerPoint, Word e Excel como habilidades digitais. Esse modelo funcionou muito nos anos 90 na América Latina. Eles expandiram e montaram um pequeno escritório de angariação de fundos em Londres, que foi quando os conheci pela primeira vez. Passei 6 meses fazendo um estudo de interesse de mercado e decidi: vamos manter a pedagogia, vamos manter a abordagem de solução de problemas, mas vamos mudar a plataforma de tecnologia e focar em usar a tecnologia para o desenvolvimento de softwares.

Os aplicativos estavam recém começando naquele época, mas essa foi a aposta que fizemos.

O que faz das escolas um ótimo fit para a Apps For Good?

Iris Lapinski: Nosso principal mercado são as escolas porque os educadores tem tempo e experiência para trabalhar com jovens. A estrutura completa do curso é de 35 horas, o mini curso é de 15 horas, por isso tende a funcionar melhor em um ambiente estruturado. Nosso programa é um curso de desenvolvimento de produtos digitais. Trata-se de dois fluxos, um é o fluxo de produtos, o outro é o fluxo técnico, mas eles funcionam em paralelo, em 5 módulos: introdução ao desenvolvimento de apps, definição da idéia, criação do protótipo, desenvolvimento de produtos e, em seguida, divulgação e o que vier.

Existem 4 níveis técnicos, o mais baixo é arrastar e soltar, CSS e HTML, Javascript e APIs. É uma estrutura de ensino e as escolas podem utilizar outras tecnologias. Nós oferecemos às escolas um menu, há poucas coisas que dizemos que eles devem fazer. Primeiro, é que eles não devem apenas ensinar programação, queremos que eles olhem para o desenvolvimento do cliente, a pesquisa do usuário, modelo de negócio e marketing, a segunda coisa é que eles devem dar aos alunos a liberdade para escolher os problemas em que estão interessados.

A nossa faixa etária é agora de 9 à 18 anos. Há também alguns alunos mais velhos. Mas nós não decidimos isso, é sempre uma escolha dos educadores. Também quanto ao modelo de entrega, é a escola quem decide se é dentro do horário de aula, um clube extracurricular, uma semana de projetos ou o que eles optarem, está escolha é 100% deles.
 

Lições do WebSummit 2016: O que é um criador?
Um muito obrigado a Iris Lapinski por compartilhar sua visão conosco. Também acreditamos que as crianças são o futuro! Você já pode ter percebido que também temos um projeto educacional, que acontece na nossa sede na Córsega, o RoboticampApoiar uma próxima geração de criadores é algo que acreditamos sinceramente aqui na GoodBarber.



Insira seu endereço de e-mail