GoodBarber & Covid-19

Escrito por Segunda-feira 16 Março 2020

GoodBarber & Covid-19
Assim que o Covid-19 chegou à Europa via Itália, em meados de Fevereiro, observamos atentamente o desenvolvimento desta situação, pois o comércio entre a Itália e a Córsega, onde está localizada a nossa sede de Ajaccio, é importante e diário.

Desde 7 de Março, as equipas dos nossos escritórios de Ajaccio e Lisboa estão a trabalhar a partir de casa.
Desde sexta-feira, 13 de Março, a equipa dos escritórios de Coimbra e Nova Iorque estão também a trabalhar a partir de casa. 100% da GoodBarber está agora na modalidade "Work from Home".

WFH não é algo de novo para nós. Na nossa indústria SaaS, temos uma cultura e organização hiper-conectadas. No entanto, esta é a primeira vez que todos trabalham remotamente e ao mesmo tempo. Mesmo que a adoção desta nova configuração nos exija muito menos esforço do que outras empresas mais tradicionais, consideramos que ainda estamos em fase de aprendizagem para encontrar uma forma ideal de operar. Criar as melhores condições para que a totalidade dos colaboradores da GoodBarber e suas famílias permaneça segura é a nossa prioridade.

À medida que a pandemia de Covid-19 se espalha pelo planeta, as reacções dos indivíduos, das empresas e das autoridades públicas a esta crise são bastante mistas. Pela nossa parte, continuamos convencidos de que devemos agir rapidamente, sem esperar por decisões políticas que, por vezes, demoram muito tempo a chegar. Não sei se é a nossa cultura da Internet, a nossa curiosidade, a nossa busca da verdade, o nosso desejo de compreender, a nossa forma de enfrentar os problemas, ou outra coisa qualquer, mas nós, muito cedo, individual e colectivamente na GoodBarber, tomámos a decisão de trabalhar a partir de casa para evitar a propagação do vírus à nossa volta.

Desde meados de Janeiro, com a análise da evolução da situação na Ásia, informações detalhadas foram tornadas públicas por cientistas de todo o mundo. Sem serem especialistas em epidemiologia, eles tornam possível compreender quais são as ações mais eficazes para retardar a pandemia. Países que sofreram grandes epidemias na sua história recente, como a SRA em 2003, adquiriram reflexos que os países europeus ainda não têm. Muito cedo, tomaram medidas abrangentes para limitar as interacções sociais entre os indivíduos. O resultado é impressionante. São necessários em média 12 dias para que o número de casos de Covid-19 duplique na Ásia, em comparação com 3 ou 4 na Europa. Os países europeus estão a aplicar medidas de contenção tardiamente. A França manteve mesmo eleições locais, criando uma concentração de milhões de pessoas, no meio de uma epidemia!

Nas últimas semanas, tentamos nos preparar o melhor possível para continuar operando remotamente, sem comprometer o serviço que prestamos. Aí estamos nós. Os próximos meses vão ser difíceis para todos. Fique longe quando puder e, acima de tudo, mantenha-se saudável! Enquanto esperamos que esta situação se resolva, vemo-nos na web;)



Insira seu endereço de e-mail