Descrição na App Store: 5 Erros que você deve evitar

Escrito por Segunda-feira 24 Agosto 2015

Descrição na App Store: 5 Erros que você deve evitar
O dia finalmente chegou... depois de horas e horas criando seu aplicativo e deixando cada detalhezinho perfeito, é hora de publicar nas lojas e apresenta-lo para o mundo.Mas seu trabalho ainda não terminou, pois para tudo acontecer como o planejado, ainda tem algumas coisas que você deve levar em conta. Nós já falamos sobre a Otimização para App Store, que permite melhorar o rankeamento do seu app na loja.

Hoje, eu gostaria de enfatizar algo mais específico, que na verdade é muito importante: a descrição do seu app.  Isso faz uma grande diferença no processo de download dos usuários, e pode ser um fator decisivo na decisão de baixar ou não o seu app quando eles o verem na loja. Então aqui estão os 5 erros mais comuns e que você deve evitar para não assustar os seus potenciais usuários.

1. Ser desleixado

Pode parecer óbvio, mas acredite, frequentemente eu me deparo com descrições que parecem ter sido feitas com o menor cuidado. Talvez você também ja tenha visto isso por aí, e nesse caso, você baixou o app? Eu não.
Assim, quando se trata sobre seu aplicativo, considere a descrição como um fator decisivo para o usuário baixar o aplicativo ou não. Como resultado, a descrição não só deve proporcionar uma boa razão para fazer o download do aplicativo, mas também demonstrar profissionalismo, com atenção à ortografia, gramática, etc. Não arrisque perder potenciais usuários por causa de erros de digitação ou uma má escolha das palavras. Peça o feedback de alguém sobre o texto que você criou. Compartilhe com seus amigos e familiares, especialmente aqueles que não estão familiarizados com o seu projeto ou com aplicativos em geral. Eles vão ter uma resposta genuína sobre o que você pode esperar. Use estas reações para ajustar a redação criada para o seu app, se necessário.

2. Não ir direto ao assunto

Você sabia, que por padrão, um usuário iOS só vai ver as 3 primeiras linhas (225 caracteres) da sua descrição? Para ver o resto, eles tem que clicar no botão "Mais". Este é um esforço a mais que o usuário terá que fazer, e isso só vai acontecer se ele já estiver interessado. Então, não se enrole e vá direto ao ponto, garanta que a informação está clara e objetiva desde o início. Uma boa descrição para o aplicativo deve responder algumas perguntas essenciais que o usuário possa ter: qual o objetivo do seu app? Que benefícios ele trás para o usuário? Essas são questões que o usuário vai se perguntar, e você precisa ter certeza que ele vai ficar interessado e querer ler mais.

225 caracteres não é muito, então tire o melhor proveito de cada letra.

3. Pensar que as pessoas sabem tanto sobre seu negócio quanto você

Certamente você dedicou muito tempo planejando cada detalhe do seu projeto, desde a viabilidade até a criação de um design magnífico para o aplicativo. Você sabe tudo que tem para saber sobre o seu app. Mas agora você precisa dar um passo atrás e lembrar que as outras pessoas não estão tão informadas sobre o seu produto e não tem a mesmo conhecimento sobre ele que você. Quando você apresenta seu app, você tem que se colocar no lugar da sua audiência, e usar as palavras certas.

A não ser que o seu app seja direcionado para um grupo altamente informado sobre tecnologia, não seja muito técnico. Ser muito sério não vai te levar a lugar algum; seus usuários serão deixados para trás e certamente vão classificar seu produto como muito complicado para eles. Seja simples, e tente transmitir as características mais importantes do seu app sutilmente com argumentos de venda.

4. Negligenciar os elementos visuais

A App Store e no Google Play solicitam diversas screenshots para representar seu aplicativo. E é como dizem: uma imagem vale mais que mil palavras. Então tire proveito dessa  oportunidade e dê um pouco mais de atenção para os elementos visuais, escolhendo screenshots pertinentes que demonstrem as funcionalidades principais do seu aplicativo.

As screenshots, se forem bem utilizadas, podem ser um grande fator no processo de decisão do usuário. Quer ter ainda mais vantagem nesse quesito? Utilize a ciência das cores, uma ótima dica de marketing para escolher a melhor cor que irá representar seu app. 

5. Esquecer do Call to Action

Quase lá! Se você evitou as armadilhas mencionadas acima, você tem boas chances que seu usuário tenha lifo toda sua descrição, olhou as imagens magníficas que você apresentou, então o que está faltando? Um call to action (chamado para a ação, em português). Por quê? Pense nisso como um lembrete, um empurrão extra e suave para atingir seu objetivo: fazer com que o visitando que chegou até sua página nas lojas de aplicativo baixe o seu app. Um CTA ao final de sua descrição pode ser mais poderoso do que você pensa, o convite que estava faltando...

Por último, mas não menos importante, lembre-se que a honestidade é fundamental. Então, mais um pequeno conselho: não prometa algo que o seu app não pode cumprir. As razões para isso são bastante óbvias, para citar alguns: usuários insatisfeitos, maus comentários, avaliações negativas... Promova seu aplicativo com o que ele realmente oferece, garantimos que vai valer a pena no longo prazo.

Atualização: A partir de 07 de setembro de 2016, para limitar o comprimento dos títulos, a Apple introduziu um limite de 50 caracteres para os títulos de novos aplicativos iOS e atualizações de aplicativos iOS. Para saber mais sobre as políticas novas de controle de qualidade pela Apple, acesse a App Store ou confira o artigo no nosso blog sobre as melhorias realizadas.



Insira seu endereço de e-mail