Como vender a tua App por um Fee

Escrito por Terça-feira 21 Outubro 2014

Como vender a tua App por um Fee
Existem diversas maneiras de ganhar dinheiro com a aplicativos: criando e vendendo apps para clientes, monetizando com publicidade e vendendo diretamente o app nas lojas. Neste artigo vamos cobrir duas das principais questões que as pessoas tem ao comercializar os seus apps nas lojas:

1/ Que tipo de apps o utilizador está mais disposto a pagar?
2/ O que precisas fazer para estabelecer um preço na tua app?

Quando é que posso cobrar um fee pela minha app?

Apps são destinadas a ser ferramentas rentáveis para as empresas, mesmo que não custem nada para o usuário. No entanto, quando a aplicação oferece aos usuários algo que desejam e que não encontram facilmente de graça com algum concorrente na App Store, é hora de pensar em cobrar uma taxa por isso.

Resumindo, aqui ficam as estratégias mais bem sucedidas no mercado de distribuição de conteúdo mobile pago:

-  Fiel ligação ao tema/marca: muito comum em revistas altamente especializadas, jornais ou mesmo blogs. Este exemplo pode incluir jornais de negócios ou publicações científicas.

- Conteúdo que se foca num determinado tema/necessidade/problema e que não pode ser facilmente substituído.

Um bom exemplo pode ser uma preparação para um exame na tua app. Um dos exemplos de App que se enquadra nesta categoria é a ACLSMed (disponível para Android e iOS) que oferece um sistema completo de aprendizagem de interpretação de ECG para futuros profissionais de medicina. Esta app pode ser cobrada por um fee uma vez que adiciona valor ao leitor por oferecer conteúdo único, por treinar uma determinada competência/aptidão enquanto que os recursos alternativos (websites, textbooks) são menos práticos para os aprendizes.

Outro exemplo que te pode ajudar a entender este tipo de negócio é o seguinte: uma app que ajuda os estudantes de advocacia a se prepararem para o exame de acesso à ordem por 999 dólares na App Store - e não inclui quaisquer extra features.

Tendo em conta este exemplo, porque é que os utilizadores estão dispostos a pagar um preço tão alto por uma app? Porque é uma excelente forma de estudar, em qualquer lugar e disponível a qualquer pessoa e se a tua carreira depende disso o preço não será um constrangimento. Com este caso podemos perceber que o fee de uma app pode resultar num contexto muito específico.

Estruturas alternativas de preços

Muitos programadores de apps estão a aderir ao binário grátis/fee views da app e as apps com um crescimento mais acelerado são agora definidas como “fremium”. Estas aplicações estão, de uma maneira ou de outra, disponíveis na versão gratuita e, posteriormente, na versão paga que permite oferecer mais conteúdo ou funcionalidades, anunciadas gratuitamente, entre outras regalias.

As apps gratuitas que exigem uma compra interna estão a tornar-se populares pelo facto de angariar lucros para o criador da app, especialmente no contexto dos jogos. Deves ter em atenção de que cobrar um preço para a tua app pode reduzir, significativamente, o número de downloads, como tal, se tomares em conta as nossas dicas, o teu negócio pode tornar- se valioso.

Quando fizeres a tua decisão, dá uma vista de olhos nas lojas online para perceber se outras apps com conteúdo similar, estão a cobrar pelo conteúdo. Se decidires colocar a tua app como paga, tem em conta como deves proceder de seguida.

Merchant Account no Google

Criar uma conta no Google Published é suficiente para publicar a tua app no Google Play, contudo, não é suficiente para cobrar a tua app por um fee! Para o fazer, precisas de te registar no Google Wallet Merchant Account. Se já tens uma conta no Google Publisher, podes dar continuidade ao processo clicando em “Financial Reports” e depois configurar de seguida, a tua conta como merchant.
Como vender a tua App por um Fee

Serás redirecionado para uma nova página onde deverás fornecer informação básica sobre o teu negócio para definires a tua conta como merchant. De seguida, estás apto para, não só publicar a tua app gratuita, como também, por um fee. O preço é definido por ti. Quando escolheres o fee, terás 2 possibilidades para determinar o preço da tua app. A forma mais simples é selecionar um preço na moeda local e deixar que o Google, automaticamente, converta os preços nas restantes moedas. Podes também definir um preço individualmente para alguns países. Porque é que esta informação é realmente interessante? Porque significa que podes vender os dois por apenas $0.99 e 0.99 €, mesmo que os 2 preços não sejam exatamente a mesma quantia.

Toma atenção para o facto de que assim que publicares a tua app gratuita no Google Play, nunca mais poderás colocar um fee na mesma app. Não temos 100% certezas mas a política das apps serve mais especificamente para prevenir que os publicadores acumulem comentários mais favoráveis enquanto a app ainda é gratuita para depois “enganar” os consumidores mais críticos que pagam por ela. Para evitar novas fraudes, o Google oferece uma política de reembolso que permite que os utilizadores peçam o reembolso da compra de uma app, no prazo de 15 dias.
Como vender a tua App por um Fee

Cobrar um fee da tua App na App Store

Como vender a tua App por um Fee
Tal como no Google, definir a tua conta como Programador é suficiente para publicar a tua app mas existem algumas definições adicionais que precisas de ter em conta para que possas vendê-la. No painel do iTunes Connect, precisas de ir a “Contracts, Tax e Banking”. Depois, deves de solicitar o contrato “iOS Paid Applications”, aprovar o contrato e posteriormente, providenciar informações sobre o teu banco e taxas para que a Apple proceda à venda da tua app por ti.

Agora estás apto para cobrar um fee pela tua app. Seleciona na app que pretendes cobrar, um fee debaixo de “Apps” na tua conta do iTunes Connect, depois carrega em “Preço”. Ao contrário do Google, não podes selecionar um preço livremente. Contudo, a Apple apresenta-te um intervalo de valores que vão desde o 0 (completamente gratuito) até a 87. Os preços em dólares correspondem a um preço na moeda local que constam nas ofertas da Apple dentro da própria app. Por exemplo, se escolheres “Tier 1”a tua App vai custar cerca de $0.99 na América, 0.89€ na Zona Euro e 0.69 £ no Reino Unido.

O Ponto de Partida

Não existe outra forma de desenvolver e comercializar um produto com tanta facilidade, a nível mundial e com custos tão reduzidos como no mercado das Apps (através da App Store e do Google Play). Esta é, por isso, uma das principais razões pela qual as aplicações nas app stores se tornaram tão populares para os programadores.

Contudo, é preciso ser rigoroso e cuidadoso com o que pretendes com a tua app e com o que é que a tua app faz antes de o consumidor optar por fazer o download - o preço para o mercado mobile das aplicações é um dos tópicos em destaque nos últimos dias. Por isso é que gostaríamos de ouvir a tua opinião: Qual é o teu feedback ao venderes a app nas lojas online?



Insira seu endereço de e-mail