Apps de notícias mantêm o utilizador interessado mais tempo do que outras

Escrito por Segunda-feira 31 Março 2014

Recentemente, dei de caras com um artigo interessante escrito no blog do Flurry sobre o declínio das apps.

Toda a app tem um ciclo de vida, onde atinge o topo entretanto, os utilizadores mensalmente ativos (UMA) começam a diminuir. Flurry focou-se no que acontece após o pico… e sabes o que eles descobriram? Apps de notícias têm um declínio mais lento do que outros tipos de apps!

Parece-vos bem a vocês GoodBarbers, não?

Ciclo de vida de uma app

Apps de notícias mantêm o utilizador interessado mais tempo do que outras
O gráfico acima mostra um ciclo de vida típico de uma app. No eixo do X está o tempo e no eixo Y o número de UMAs.

Pode ser resumido em:
- lanças uma app e conquistas os teus primeiros utilizadores
- os teus esforços no marketing recompensam-te e adquires mais utilizadores
- alcanças o pico de UMAs
- o teu UMA decresce com o tempo até à morte da app

O estudo de Flurry foca-se no que ocorre após o pico, de modo a responder à seguinte questão:
Quanto tempo leva até a tua app morrer?

3 meses após o pico … a maior parte do teu UMA deixa de existir

Apps de notícias mantêm o utilizador interessado mais tempo do que outras
Flurry mastigou os dados e identificou um padrão muito interessante. É durante os 3 primeiros meses após o pico do UMA que a tua app perde a maior quantidade de utilizadores. E depois deste período de 3 meses, o UMA diminui muito mais devagar.

No gráfico acima, vemos que durante o primeiro mês após o pico UMA, 1/4 das apps do painel têm 50% do seu máximo de UMA (cores cinza e laranja). No 3º mês este número cresce para metade das apps. Depois disso, a perda ocorre numa taxa mais baixa.

Apps de notícias tendem a reter mais UMA

Apps de notícias mantêm o utilizador interessado mais tempo do que outras
Outro facto interessante é como os resultados acima diferem dependendo da categoria das apps.

De forma a medir-se isso, Flurry calculou a "meia-vida" das apps por categoria. Por "meia-vida" queremos dizer o número de meses após o pico, onde uma app obtém 50% UMA.

O resultado é dado na tabela acima. Após 7 meses do pico, apps de notícias ainda têm 50% do máximo UMA que tinham anteriormente!
E isto é um grande poder de retenção, quando verifica-se que a meia-vida é atingida em apenas 2 meses no caso das apps de jogos.

Dois dados adicionais interessantes na tabela:
- quanto mais alto o teu pico UMA é, mais tempo vai levar para a tua app alcançar a sua meia-vida;
- apps iOS alcançam a sua meia-vida mais tarde que as apps Android

Fica atento a cada fase do ciclo de vida da tua app

Quase todos nós focamos toda a nossa energia no lançamento das nossas apps. A nossa preocupação principal é crescer logo e rápido, até alcançarmos o pico UMA.
Muitos conselhos, artigos, e "como fazer?", podem ser encontrados online, com explicações em como ter sucesso nestes casos.

Então e quanto ao período após o pico? Tens algum conselho para partilhar nos comentários abaixo? Qual é a tua receita mágica para que a tua app tenha o maior tempo de vida possível?



Insira seu endereço de e-mail