Adblock invadindo o mobile e como apps nativos podem se beneficiar com isso

Escrito por Quinta-feira 24 Setembro 2015

Um dos mais falados sobre os recursos da versão mais recente no sistema operacional da Apple, iOS 9, agora permite que seus usuários para bloqueiem anúncios nos apps. A grande questão é: será que o bloqueio de anúncios vai se tornar algo grande no mobile ou não?

Adblock invadindo o mobile e como apps nativos podem se beneficiar com isso
O indicadores parecem estar caminhando para um sim. E está se confirmando, aplicativos de bloqueio de anúncios atingiram os primeiros lugares na App Store já no primeiro dia do lançamento do iOS 9. Cristal, Purify, estes são os nomes aparentemente inocentes que estão se tornando uma ameaça para as receitas de anúncios móveis.

Bloqueio de anúncios e navegadores

Claro, há o efeito novidade e que deve ser levado em consideração. Mas ainda, e se essa tendência chegou aqui para ficar? O que isso significa para a publicidade móvel?

Tecnicamente falando eles são muito fáceis de implementar e, portanto, susceptível de atrair um grande público. Uma vez que iOS 9 é baixado, os usuários podem baixar um aplicativo de bloqueio de anúncios, em seguida, acesse Configurações > Safari > Bloqueador de Conteúdo e habilite a extensão de bloqueio de conteúdo.

Além disso, o Android é o próximo a ser destacado, com os criadores do Adblock Plus lançando agora no Google Play. O Adblock é diferente de seus concorrentes, pois ele funciona como um navegador completo. Uma estratégia diferente, que, para os usuários iOS (navegador Adblock está disponível na App Store também), simplesmente ignora as configurações da Apple

Bloqueio de anúncios e aplicativos nativos

Adblock invadindo o mobile e como apps nativos podem se beneficiar com isso
Então, o que isso significa para quem tem um app mobile? Bem, a boa notícia para vocês GoodBarbers é que aplicativos nativos são a maneira perfeita para se esquivar do bloqueio de anúncios. Na verdade, os anúncios dentro de aplicativos não serão afetados pelos bloqueadores.

Além disso, uma das razões pelas quais os bloqueadores de anúncios se tornaram populares nos computadores, e agora nom mobile, não precisam carregar todo conteúdo que eles não tem interesse em ver e, por isso, o conteúdo desejado carrega mais rápido.

Para mobile também significa que os dispositivos serão mais rápidos, possivelmente, mais estáveis e ele vai, sem dúvida, poupar um tempo precioso da bateria. Benefícios que causam preocupações genuínas para os editores que estão preocupados com a receita que surgem dos anúncios mobiles.

Mais uma vez, a boa notícia é que os aplicativos nativos já são uma maneira de carregar o conteúdo mais rápido. Assim, caso você esteja se perguntando por que tantas vezes salientamos a importância de transformar seu conteúdo para um app nativo, bem, agora você tem um exemplo muito eloquente.

Bloqueio de anúncios e futuro da publicidade mobile

Para dar uma luz no fim do túnel para todos, incluindo os entusiastas de aplicativos web, muitos têm dizem que a grande ironia dos aplicativos de bloqueio de anúncios é que eles não são grátis. Além de navegador Adblock, outros aplicativos de bloqueio de anúncios podem custar até $3,99, o que pode desencorajar a maioria dos usuários.

Privacidade também é uma preocupação. A idéia de que mais um app irá acompanhar cada movimento seu on-line (embora apps de bloqueio de anúncios insistem em não  interceptar precisamente o tráfego na sua descrição), outra razão pela qual os usuários podem não estar tão ansiosos para fazer o download desses aplicativos.

No final, o futuro da publicidade móvel certamente não é desolador. Especialistas estão simplesmente insinuando o fato de que este novo desenvolvimento irá pedir a publicidade móvel a evoluir, com opções de propaganda, possivelmente, mais elegantemente trabalhadas que irão incorporar-se mais profundamente dentro do conteúdo, a fim de vencer os apps de bloqueio de anúncios.

Os usuários certamente irão se beneficiar disso, sem banners e pop-ups invasores se tornam cada vez mais escassos e o tempo de carregamento diminui. A única desvantagem é a barreira entre o verdadeiro conteúdo e conteúdo patrocinado, que é obrigado a se tornar obscuro. Mas, quanto a receitas de publicidade, deveria ser sua preocupação, é provável que elas continuarão a estar ilesa no longo prazo.



Insira seu endereço de e-mail